ENEM 2015 1º dia - Caderno 4 - Rosa

A casa de Deus, que acreditam una, está, portanto, dividida em três: uns oram, outros combatem, outros, enfim, trabalham. Essas três partes que coexistem não suportam ser separadas; os serviços prestados por uma são a condição das obras das outras duas; cada uma por sua vez encarrega-se de aliviar o conjunto... Assim a lei pode triunfar e o mundo gozar da paz.

ALDALBERON DE LAON. In: SPINOSA, F. Antologia de textos históricos medievais. Lisboa: Sá da Costa, 1981.

A ideologia apresentada por Aldalberon de Laon foi produzida durante a Idade Média. Um objetivo de tal ideologia e um processo que a ela se opôs estão indicados, respectivamente, em: 

  • a

    Justificar a dominação estamental / revoltas camponesas. 

  • b

    Subverter a hierarquia social / centralização monárquica. 

  • c

    Impedir a igualdade jurídica / revoluções burguesas.

  • d

    Controlar a exploração econômica / unificação monetária. 

  • e

    Questionar a ordem divina / Reforma Católica. 

O texto do bispo Aldalberon de Laon faz referência à ideologia defendida pelo clero europeu, durante a Idade Média. Consistia em uma visão de mundo na qual os estamentos sociais – clero, nobreza e trabalhadores – tinham cada qual uma função, predestinada por Deus, a cumprir na comunidade (“uns oram, outros combatem, outros, enfim, trabalham”). Subverter essa ordem, de acordo com tal ideologia, significaria ofender a Deus e aos seus desígnios. Politicamente, tal visão justificava a necessidade de os servos de serem submissos aos senhores.